Calendário de Eventos

Flat View
By Year
Vista mensal
By Month
Weekly View
By Week
Daily View
Today
Search
Pesquisar

Vista mensal

Agosto, 2018
     Julho Julho Agosto, 2018 Setembro Setembro
Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo
31 30 31
  1
  2
  3
  4
  5
32
  6
  7
  8
  9
  10
  11
  12
33
  13
  14
  15
  16
  17
  18
  19
34
  20
  21
  22
  23
  24
  25
  26
35
  27
  28
  29
  30
  31
1 2

Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
  • Estranhos na mesma cidade
    A criatividade da jornalista Clara Favilla pelo Brasil e o mundo Ironweed é nome de flor baldia, típica de pradarias americanas. A palavra weed sozinha serve em botânica para se denominar em geral ervas daninhas ou inúteis. Como se sabe flores que nascem sem ser semeadas são as mais resistentes, daí o iron (ferro) se juntou a weed para designar este tipo de flor roxa que dá em cachos. É assim que dou asas à fantasia gerada do concreto que me dão as palavras.  Weed é palavra rica de significados, todos ligados a sua cor e característica de baldia, de em vão: pessoa ou animal magro ou de aparência magricela; coisa prejudicial; cigarro de maconha, baseado; além de luto. Quem leu Ironweed de William kennedy ou mesmo só tenha assistido o filme de Babenco (1987) sabe que o título é perfeito. Um casal de vagabundos envoltos na miséria do ambiente, de seus fracassos e tragédias pessoais. Ele, em contínuo diálogo com mortos ou quase mortos. O personagem vivido na tela por Jack Nicholson abandona a família. Depois de 22 anos a reencontra numa visita em que é perdoado, segue em frente e pode ser que retorne depois de se ver sozinho  - o amigo e a companheira  (Meryl Streep) de nove anos morrem -  e ter certeza de que conta com o amor da família. No Brasil, o filme foi lançado com o nome original Ironweed (viva!). Em Portugal, com o nome de Estranhos na mesma cidade. Quem o rebatizou deve ter achado muito relevante o fato dos personagens terem vivido na mesma cidade sem se esbarrar por 22 anos.  Um título em português claro, claro demais da conta.  Diz a lenda, que o diretor Hector Babenco comeu o pão que o diabo amassou nas mãos de Jack Nicholson, que acabou sendo, pelo filme, indicado ao Oscar de melhor ator.  Peço desculpas aos leitores por comentar aqui, neste espaço, um filme antigo. Mas só consigo escrever sobre livros e filmes quando envelhecem e posso viajar até eles. Aos mais jovens, recomendo que leiam o livro e/ou vejam o filme.  * Clara Favilla é jornalista e escreve uma vez por semana sobre viagens
  • Motociclistas se vestem de super-heróis para entregar brinquedos e doces para crianças em Sorocaba

    Voluntários 'adotaram' crianças do Cras Ipiranga e arrecadaram mais de 300 kits de doces a serem entregues no CHS e na Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba (Amas). Motociclistas se vestiram de super-heróis para entregar brinquedos e doces para crianças em Sorocaba Priscila Roberta de Lima/Arquivo pessoal Um grupo de motociclistas vai fazer neste fim de semana ações solidárias em Sorocaba (SP). Fantasiados de super-heróis, os voluntários estão entregando presentes e doces para crianças em entidades assistenciais da cidade. Os motociclistas tiraram as famosas jaquetas de motoclube para se transformarem em Deadpool, Homem-Aranha, Arlequina, Batman, Thor, Mulher Maravilha, Lanterna Verde, entre outros personagens que inspiram as crianças. A ação, batizada de Moto Natal, existe há anos e já visitou outras entidades da cidade com a entrega de presentes, doces e abraços. 'Super-heróis' surpreenderam as crianças em Sorocaba Priscila Roberta de Lima/Arquivo pessoal O G1 conversou com a "Arlequina", também conhecida como Priscila Roberta de Lima no mundo real, que participa da ação há quatro anos. "A gente se diverte, as pessoas só têm a ganhar! No fim do ano a gente tem esse espírito natalino." No Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Ipiranga, cada voluntário "adotou" uma criança para entregar brinquedos e doces. Segundo a organizadora, neste ano 53 crianças recebem a visita dos motociclistas heróis. "Cada voluntário adotou uma criança e leva o presente direcionado para aquela criança." Já para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) e a Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba (Amas), foram arrecadados mais de 300 kits de doces, que serão distribuídos para as crianças durante as visitas dos heróis. Priscila conta que a reação das crianças motiva o grupo a realizar a ação todos os anos para que cada vez mais pessoas sejam impactadas pelo carinho dos heróis. "O abraço, o amor das crianças... elas realmente acreditam que você é aquele personagem e entram na brincadeira. É muito gratificante e nos motiva de verdade." A heroína também acredita que a ação dos motociclistas pode ajudar a inspirar outros voluntários a se mobilizarem. "A gente pode não salvar o mundo, mas se cada um se mobilizar para ajudar o ser humano, além de ser extremamente gratificante, pode mover montanhas!", completa. Motociclistas se vestem de super-heróis para entregar brinquedos e doces para crianças em Sorocaba Priscila Roberta de Lima/Arquivo pessoal *Colaborou sob supervisão de Ana Paula Yabiku. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
  • Seis são presos com 19 tabletes de maconha e cocaína em Sinop (MT)

    Os seis envolvidos, com idades entre 18 e 36 anos, além de um adolescente de 16 anos, foram encaminhados à delegacia onde ficarão a disposição da Justiça. A PM apreendeu 19 tabletes de maconha, duas balanças de precisão e porções de pasta base de cocaína. PM-MT/Assessoria Seis pessoas foram presas nessa sexta-feira (14) em Sinop, a 501 km de Cuiabá, suspeitas de tráfico de drogas. Um adolescente também foi apreendido. Com o grupo, a Polícia Militar apreendeu 19 tabletes de maconha, duas balanças de precisão e porções de pasta base de cocaína. Os militares já vinham monitorando os suspeitos e na tarde de sexta, um automóvel foi abordado na Rua 05, no Bairro Jardim Lisboa. Na ocasião, um dos suspeitos saiu correndo e entrou em uma residência onde estavam os demais acusados. Consta na ocorrência, que durante revista ao veículo foram encontrados dezesseis tabletes grandes de maconha e outros três menores da mesma substância. Na residência mais dezoito porções de maconha, duas balanças de precisão e pasta base de cocaína também foram apreendidas. Os seis envolvidos, com idades entre 18 e 36 anos, além de um adolescente de 16 anos, foram encaminhados à delegacia onde ficarão a disposição da Justiça.