Calendário de Eventos

Flat View
By Year
Vista mensal
By Month
Weekly View
By Week
Daily View
Today
Search
Pesquisar

Vista diária

Terça-feira, Outubro 09, 2018
  < Dia anterior Terça-feira, Outubro 09, 2018 Dia seguinte >
  • Sem eventos
Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
  • Grupo de amigos faz festa de Natal para crianças carentes de Curitiba; saiba como ajudar

    A ação será no próximo sábado (15) e pretende atender cerca de 100 crianças. Grupo de amigos realiza festa de Natal para crianças carentes de Curitiba Valéria Ogawa/Arquivo pessoal Solidariedade e alegria de fazer sorrir. Isso é o que move os cerca de 20 voluntários do projeto "Abraço Fraterno – A soma de todos os afetos". O grupo prepara uma festa de Natal no próximo sábado (15), para cerca de 100 crianças que se encontravam em situação de vulnerabilidade social por abandono ou maus tratos. O projeto saiu do papel recentemente, em setembro, mas a vontade de ajudar já vem há muito tempo. São três os idealizadores: a engenheira mecânica Valéria Ogawa, a psicóloga e gerente de recursos humanos Valquíria Sehn e o contador contábil Paulo Cirilo. “Sempre tivemos essa vontade de fazer algo a mais na sociedade e percebemos que muitas crianças não tinham a oportunidade de comemorar um Natal de verdade. É muito fácil doar um objeto, uma quantia de dinheiro, difícil mesmo é doar o tempo. Para mim é o verdadeiro ato de solidariedade. Estar presente é o maior presente”, diz Paulo. O grupo já participava como voluntários em uma instituição particular de Curitiba, mas sempre sentiam a necessidade de colocar as próprias ideias em prática, ter voz e poder realizar tudo do jeito deles. E foi assim que colocaram a mão na massa e criaram o Abraço Fraterno. Para o grupo, o Natal não tem sentido com pisca-piscas e a mesa farta, se do outro lado tem alguém triste ou sem nenhuma atenção. “Queremos chegar aonde quase ninguém chega. O maior desafio foi encontrar um lar ou associação que realmente não iria ter nenhuma ação nesse Natal e nem receberia nenhuma doação”, conta Valquíria. Todos os presentes foram comprados iguais, separados apenas por idade e sexo Valéria Ogawa/Arquivo pessoal Laços A intenção inicial da ação era juntar 100 presentes para as crianças que serão beneficiadas, porém, a adesão à campanha foi muito mais rápida do que os organizadores esperavam. Cada um do grupo ficou responsável por cinco presentes, e ainda receberam ajuda para a realização da festa, desde comida, decoração, aluguel de piscina de bolinha e cama elástica. “Já estamos com 120 presentes. Além dos voluntários, outros amigos de amigos fizeram doação, de presentes, de dinheiro e até de insumos para a festa. São laços de presentes, mas também são laços de pessoas”, conta Valéria. Todos os presentes comprados são semelhantes, separados apenas por idade e sexo. “Queremos evitar a diferenciação de uma boneca para outra, de uma bola para a outra. Só desejamos que o Natal dessas crianças seja feliz, que elas tenham na memória que não estão sozinhas, não estão abandonadas. Nós estamos aqui!”, diz Valquíria. O grupo parceiro "Bonequeiras Mirins" doaram 35 bonecas ao Abraço Fraterno Valéria Ogawa/Arquivo pessoal Doações Mesmo que os presentes já estejam completos, o grupo ainda precisa de doações de alimentos para o dia da festa, pois além das crianças, os responsáveis delas também são convidados. Os voluntários vão fazer cachorro quente, algodão doce e pipoca. Também aceitam doações de refrigerantes e sucos para acompanhar os quitutes. “Esse projeto não é nosso, é de quem quiser ajudar. Vamos fazer do mundo um lugar melhor para quem mais necessita! Ajudar ao próximo é uma excelente terapia”, diz Valéria. Quem tiver interesse em ajudar o grupo Abraço Fraterno, pode entrar em contato por meio do e-mail valsehn@gmail.com ou do telefone (41) 99600-2552. Grupo de amigos realiza festa de Natal para crianças carentes de Curitiba Valéria Ogawa/Arquivo pessoal Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.
  • Paulo Guedes escolhe deputado Rogério Marinho como secretário de Previdência Social

    Deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) Luis Macedo/Câmara dos Deputados O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, escolheu o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) como secretário especial de Previdência Social. O anúncio deve acontecer nesta terça-feira (11). Guedes acertou o nome de Marinho nesta segunda (10) com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Relator da nova lei trabalhista, proposta pelo governo Michel Temer e aprovada pelo Congresso Nacional, Marinho não se reelegeu em outubro. Na opinião de Paulo Guedes, Marinho poderá articular no Congresso Nacional a votação da reforma da Previdência. O futuro ministro defende urgência para a votação, e Bolsonaro já disse que espera a votação ainda no primeiro semestre de 2019. Editoria de Arte / G1
  • Enem para pessoas privadas de liberdade começa nesta terça para 41 mil inscritos

    Outros 2.725 candidatos da edição regular que têm direito à reaplicação do Enem também farão as provas nesta terça e na quarta, segundo o Inep Caderno de provas azul do segundo dia de Enem 2018 G1 A edição 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (Enem PPL) começa nesta terça-feira (11). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 41.044 candidatos presos em unidades prisionais ou jovens sob medida socioeducativa atualmente privados de liberdade estão inscritos no exame. Ele será aplicado nesta terça e na quarta-feira (12). Além das pessoas privadas de liberdade, podem participar também candidatos da edição regular do Enem 2018, aplicada em novembro, que têm direito à reaplicação de um ou dois dias de provas. Segundo o Inep, 2.725 candidatos estão nessa situação e, até a manhã desta segunda-feira (10), cerca de 50% deles já haviam acessado as informações sobre o local de prova. Os candidatos da reaplicação do Enem devem checar o local de provas na página do participante. Problemas logísticos O Inep diz que o Enem PPL será aplicado em 1.436 municípios, além de 16 municípios onde, durante o Enem regular, ocorreram "problemas logísticos no local de provas durante a aplicação do exame". Um dos locais de provas com problemas está na cidade de Porto Nacional, no Tocantins: Alunos que estavam em escola que ficou sem energia fazem nova prova do Enem na terça Como o Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), as provas têm níveis de dificuldade semelhantes e permitem a comparação de notas de candidatos que fizeram edições diferentes. Initial plugin text