Calendário de Eventos

Flat View
By Year
Vista mensal
By Month
Weekly View
By Week
Daily View
Today
Search
Pesquisar

Vista diária

Domingo, Setembro 09, 2018
  < Dia anterior Domingo, Setembro 09, 2018 Dia seguinte >
  • Sem eventos
Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
  • Vizinhos de apartamento incendiado em Araraquara temem por danos no prédio

    Roupas e móveis foram queimados e as paredes estão trincadas. As chamas foram provocadas por um homem durante uma briga com a ex-mulher na quinta-feira (20). Vizinhos de apartamento incendiado temem estragos em outras partes de prédio em Araraquara Vizinhos de um apartamento que pegou fogo no Conjunto Habitacional dos Oitis, na quinta-feira (20), em Araraquara (SP), estão preocupados com os estragos causados pelo incêndio. As chamas foram provocadas por um homem durante uma briga com a ex-mulher. A Defesa Civil informou que um engenheiro fez a vistoria e concluiu que nenhum dos dois imóveis vizinhos oferece risco para os moradores. O apartamento incendiado continua interditado. Casa incendiada por homem em Araraquara Marlon Tavoni/EPTV Estragos Roupas e móveis que foram queimados continuam espalhados pelo prédio. A casa da dona de casa Silvia Martins foi atingida, mas ela conseguiu sair do local antes que o fogo chegasse. “Estava muito barulho e pedi para fazerem silêncio, quando fui pedir pela segunda vez, o fogo já tinha começado. Tinha muita fumaça e fogo”, contou. A Silvia mora no apartamento debaixo do incendiado e apenas na noite de sexta-feira (21) ela e os três filhos voltaram para a casa. O local foi interditado pois, após o incêndio, muita água suja descia pelas paredes e pelo bocal de luz. “Foi a água do bombeiro que apagou o fogo e começou a cair dentro do meu apartamento e molhar os móveis. Graças a Deus o bem mais precioso que são nossas vidas foram salvas”, disse. Vizinhos de apartamento incendiado tiveram casas danificadas pelo fogo em Araraquara Marlon Tavoni/EPTV No apartamento de cima mais prejuízo, as paredes não aguentaram o calor e trincaram. A dona de casa Glaucia Andrade contou que, após o susto, tem medo de que o incêndio tenha abalado a estrutura do prédio. “Aqui nas beiradas acontece uns estalos e eles pediram que se fizesse mais barulho era para ligar para a Defesa Civil, mas por enquanto ninguém veio até aqui. Eu fico com muito medo de ficar aqui dentro”, disse. Incêndio Homem ateou fogo em apartamento em Araraquara Polícia Militar/Divulgação O incêndio aconteceu durante a madrugada de quinta-feira. Um homem de 55 anos durante uma discussão agrediu a ex-mulher que conseguiu fugir e pedir socorro. Descontrolado, ele arrastou alguns moveis, jogou gasolina e abriu o registro de gás do apartamento. O Corpo de Bombeiros foi acionado e evacuou um dos blocos do apartamento. O agressor se trancou dentro do apartamento e as equipes tentaram convencê-lo a sair do local. Foi necessário arrombar a porta para resgatá-lo. Ele foi autuado em flagrante por violência doméstica e incêndio criminoso. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara (SP).
  • VÍDEOS: Link Vanguarda de sábado, 22 de setembro

    Assista aos vídeos do telejornalismo com notícias do Vale do Paraíba e região. Assista aos vídeos do telejornalismo com notícias do Vale do Paraíba e região.
  • Pediatra que atendeu bebê picada por escorpião escondido em fralda diz que recebeu criança ainda com animal vivo no corpo: 'Susto'

    Menina foi picada sete vezes no município de Vitória da Conquista, na Bahia. Mãe relatou infestação em casa e abandonou imóvel após ocorrido. Garotinha recém-nascida sobrevive a picadas de escorpião A médica pediatra que atendeu a bebê recém-nascida que sobreviveu após ser picada em casa sete vezes por um escorpião no município de Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia, disse que tomou um susto quando recebeu a criança no hospital, porque encontrou o animal ainda vivo preso ao corpo da vítima. O escorpião estava preso no cordão umbilical da criança, escondido dentro da fralda. "Tomei um susto de imediato. Primeiro, porque o escorpião estava vivo e, segundo, porque estava aderido ao abdômen da criança", disse a pediatra Camila Mirante. A médica destacou que a criança chegou à unidade de saúde no fim do plantão e que foi a última paciente a ser atendida no dia do ocorrido. Foram aplicadas seis ampolas do soro antiescorpiônico na criança. Após passar três dias internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a menina teve alta, no dia 9 de setembro. Família muda de casa Bebê ficou três dias internada. Arquivo Pessoal A família da bebê recém-nascida informou não voltou para a mesma casa onde tudo aconteceu. O G1 conversou com a mãe da menina, Fernanda Ferreira, na sexta-feira (21), e ela contou que recebeu ajuda de um morador da cidade, que se comoveu com o caso e doou seis meses de aluguel. "Um rapaz se sensibilizou com minha situação e vai pagar um aluguel para mim. Estou na casa de uma amiga com meus três filhos, sendo uma que é especial" Desde que o incidente aconteceu, ela tem ficado na residência de uma amiga. Fernanda informou que não vai levar os móveis que tinha na casa onde morava porque tem medo de outro animal ir no meio da mudança. "Não tinha muita coisa lá na casa onde eu morava e o que tinha não vale a pena o risco. Estou com medo de voltar lá e ter mais. Então, eu prefiro arrumar um colchão e ir para casa que o rapaz alugou, do que correr o risco", disse ela. Além da ajuda com o aluguel, Fernanda também recebeu doações de outras pessoas, depois que o caso se tornou público. "Pedi uma ajuda na rádio e ganhei umas roupas e alimentos. Já ganhei um colchão de solteiro, é um começo. Tenho um fogão e o botijão. Deus proverá". Ainda segundo Fernanda, ela não tem condições de trabalhar porque a filha mais velha dela, uma garota de 7 anos, nasceu com problemas físicos. A menina precisa de cuidados especiais. "Minha filha mais velha tem o crânio exposto, só eu sei cuidar dela. Não posso trabalhar porque só eu cuido e não confio de deixar com ninguém. Ela teve malformação, já nasceu assim", explicou Fernanda, sem querer entrar em detalhes do caso. Caso Criança foi picada sete vezes por escorpião na Bahia Reprodução/TV Bahia Maria Sofia Silva Ferreira tinha apenas 3 dias de vida quando foi atacada pelo escorpião. A menina nasceu no dia 3 de setembro. Dois dias depois, ela recebeu alta e foi para casa, no Conjunto Habitacional Campo Verde, no bairro Campinhos, e foi picada no dia 6 de setembro. De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), a criança foi levada para um posto de saúde por familiares após apresentar aumento da frequência cardíaca, excesso de saliva e recusa alimentar. Na unidade médica, Maria Sofia passou por uma triagem. Após ser atendida, ela foi encaminhada para o Hospital Municipal Esaú Matos. Ao examinar novamente a bebê, os médicos encontraram o animal. O escorpião estava preso no cordão umbilical da criança, escondido dentro da fralda.