Calendário de Eventos

Flat View
By Year
Vista mensal
By Month
Weekly View
By Week
Daily View
Today
Search
Pesquisar

Vista diária

Domingo, Julho 08, 2018
  < Dia anterior Domingo, Julho 08, 2018 Dia seguinte >
Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
  • Milícias são responsáveis por mais de 50% dos homicídios na região de São Gonçalo e Maricá, diz delegada
    Segundo estimativa da polícia, homicídios praticados por três grupos significavam 50% dos homicídios na Região Metropolitana. Investigação começou com prisão de matadores das milícias. A prisão de 18 pessoas envolvidas em três milícias distintas nos municípios de São Gonçalo e Maricá, na Região Metropolitana do Rio, pode impactar nos números de homicídios nos dois municípios. A avaliação é da delegada Bárbara Lomba, titular da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. Os números de mortes chamaram a atenção da Polícia Civil para a violência das quadrilhas. “ A gente acredita que nessa região, mais de 50% dos homicídios são de atribuição desses grupos. Muitas vezes não conseguíamos elucidar esses crimes pela forma de atuação desses grupos. As pessoas conhecem os criminosos, matam sem qualquer disfarce, à luz do dia”, explicou Lomba. Segundo ela, só as duas milícias de São Gonçalo movimentavam mais de R$ 100 mil mensais. As investigações tomaram força a partir das prisões em flagrante de dois matadores das milícia: Rodrigo Melo, o Russo, em janeiro deste ano, e João Paulo Firmino, o Mineirinho, em fevereiro. Firmino era da quadrilha comandada por Wainer Teixeira, líder da milícia em Maricá, e foi autor da chacina contra cinco jovens no condomínio do Minha Casa Minha Vida em Itaipuaçu. “O Russo e o Mineirinho eram matadores e cobradores das duas milícias. Os dois grupos utilizavam as mesmas pessoas para fazer certos serviços”, explicou a delegada. A partir das prisões, segundo ela, foi possível identificar os grupos e seus mandantes. “É importante também dizer o quanto isso afeta a população local: pessoas que têm pagar caro no gás, na cesta básica, pagar taxas de segurança. É um trabalho para o qual cada vez mais os poderes e a sociedade tem que se voltar”, afirmou o promotor Sérgio Luís Lopes Pereira, do Grupo de Atuação Especializada e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ). 'Vereador amigo' Em uma das gravações telefônicas autorizadas pela justiça, os milicianos Chicão e Luquinha falam sobre como vão se fortalecer para combater Wainer Teixeira, que foi preso na operação Calabar, contra policiais do 7º Batalhão (São Gonçalo), e foi preso em casa em Maricá nesta segunda, onde cumpre prisão domiciliar. Sassá, líder da milícia, fala que quer a segurança do condomínio, e Chicão afirma que, para isso, precisarão da ajuda de um “vereador amigo”. Questionada, a delegada disse que as investigações continuam e que pessoas citadas nas ligações, incluindo o vereador, estão “no radar” da DH de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. Entre os foragidos, segundo a polícia, estão: Rodrigo Silva, Negão, segundo na organização da milícia de São Gonçalo. Chicão, envolvido em homicídio em Maricá; RMeia, envolvido em homicídio em São Gonçalom que teria se juntado a uma milícia em Nilópolis.
  • Vídeo mostra mulher sendo arrastada por correnteza ao tentar atravessar ponte em Bagé
    Adolescente gravou momento da queda quando fazia imagens para trabalho da escola. Elisabete Ramires, de 51 anos, foi resgatada por bombeiros após ser levada pela água por cerca de 300 metros. Mulher é arrastada pela correnteza e cai em córrego em Bagé Uma mulher foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros, no início da noite de domingo (23), depois de cair num córrego, em Bagé, no Sul do estado. Elisabete Ramires, de 51 anos, tentava atravessar a ponte Passo do 11, que liga a zona central da cidade aos bairros, quando foi surpreedida pela força da água. Ela carregava duas sacolas e um guarda-chuva, se desequilibrou e foi levada pela correnteza. O momento da queda foi gravado por Ellis Nunes Palomeq, de 13 anos, aluna da 7ª série da Escola Antenor Gonçalves Pereira. Ela fazia fotos do local para um trabalho de geografia (veja no vídeo acima). Segundo os bombeiros, o local é conhecido por alagar em dias de chuva e seria usado por carros e pedestres. "Eu tirava fotos de lugares que precisam de melhorias em Bagé e essa ponte precisa de proteção nas laterais e de uma passarela. Eu vi ela chegando, tentei avisar, mas estava longe. Então, liguei a câmera. Eu me assustei na hora, pensei que ela ia morrer. Quando ela caiu, desliguei a câmera e minha mãe chamou os bombeiros, que chegaram em menos de dois minutos", conta a adolescente. A mulher foi arrastada por cerca de 300 metros até ficar presa aos galhos. Os bombeiros foram chamados para fazer o resgate. Elisabete estava debilitada por ter ingerido água e foi encaminhada ao pronto-socorro. O G1 entrou em contato com o pronto-socorro no começo da tarde desta segunda-feira (24), e a paciente não estava na unidade. Chuva e transtornos no Rio Grande do Sul O tempo instável começou na madrugada de domingo (23) com o registro de temporais e rajadas de vento que ultrapassaram os 100 km/h, em várias regiões do estado. Conforme boletim da Defesa Civil, 15 cidades gaúchas tiveram estragos pelo mau tempo – Alvorada, Canoas, Charqueadas, Gravataí, Pelotas, Porto Alegre, São Gabriel, São Lourenço do Sul, Arroio do Sal e Santana do Livramento.
  • Universidade sedia o Archathon, maior workshop de Arquitetura e Design das Américas

    Referência entre os profissionais da área, evento acontece durante os dias 29 e 30 de setembro na Unifor, com o objetivo de promover networking e prática. Evento acontece nos dias 29 e 30 de setembro. Programação inclui desafio que vai contemplar melhor projeto com viagem para a Art Basel, em Miami. Revista Use/Divulgação A Universidade de Fortaleza (Unifor) sedia durante os dias 29 e 30 de setembro, o Archathon, maior workshop de Arquitetura e Design das Américas. Pela primeira vez na região Nordeste, o evento, que é referência entre profissionais da área, tem como intuito promover conteúdos, prática profissional e networking. "Acreditamos ser um momento rico para nossos alunos e ex-alunos. Certamente a troca de experiências por meio da prática de projeto com profissionais reconhecidos e atuantes no mercado despertará novos olhares”, afirma a professora Camila Girão, coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unifor. Desafios e surpresas Durante o workshop os participantes recebem o desafio de projetar um ambiente de interiores com os produtos dos patrocinadores do workshop. Os autores do melhor projeto conquistam viagem para Miami durante a Miami Art Basel, em dezembro. Segundo a professora “competições são motivadoras! Será uma oportunidade única e esperamos realizar outras atividades deste tipo durante o semestre", ressalta. A primeira etapa é a classificação. Para participar, os profissionais precisam formar um grupo de 3 integrantes e enviar um portfólio para avaliação de uma Comissão Especial de Curadoria. Os 30 melhores grupos são selecionados para participar do preparatório online mais 2 dias de workshop. Iniciado o cronômetro, no dia 29/09, os grupos tem cerca de 12 horas para concluir a missão. No último dia os participantes fazem uma apresentação de 5 minutos para uma banca de mentores, que escolhe 12 finalistas. Em seguida, os finalistas apresentam o projeto elaborado para uma Comissão Julgadora, que já conta com a presença Sophia Linhares, Carla Vieira, José Fontenele, Marcus Novais e Ramiro Mendes. A programação do Archathon inclui várias surpresas e ativações para animar a competição. Os participantes também contam com a ajuda de Mentores, profissionais renomados do mercado. São eles: Valter Costa, Sophia Romcy, Ana Virgínia Furlani, Carlos Otávio, Lunar Arquitetura e André Monte. A ideia é trocar experiências e fazer do evento uma experiência de brainstorming e imersão. Serviço Unifor sedia o Archathon 2018 29/09 (sábado) 9h às 21h | Workshop de Criatividade 30/09 (domingo) 15h às 19h | ArchaTrial (Seletiva dos Mentores + Apresentações para Comissão Julgadora e Escolha do vencedor) Local: Universidade de Fortaleza (Unifor) – Av. Washington Soares, 1321 – Edson Queiroz, Fortaleza – CE, 60811-905